A life committed to learning.

Como seleccionar um projecto?

Como é que se selecciona um Projecto em detrimento de outro? Como se decide investir num Projecto, que afinal de contas é um risco?  Será que se colocar dinheiro numa conta a prazo, sem risco, vai gerar mais rentabilidade? E se tiver uma alternativa de investimento com menor risco mas com a mesma rentabilidade?

É a procura das respostas a estas e outras questões que encoraja o desenvolvimento de capacidades analíticas para selecção de Projectos.

Estas capacidades analíticas avaliam se o Projecto tem um enquadramento estratégico com a empresa. Por exemplo, o resultado do Projecto vai contribuir de que forma para o crescimento da empresa? Que redução nos custos operacionais? Que novos processos vai criar? Que nova eficiência e eficácia vai ser gerada?

Então como decidir investir no Projecto?!

Existem duas categorias de métodos de selecção de Projectos preconizadas pelo PMI®.

Na primeira categoria utilizam-se métodos de análise de benefícios. São uma abordagem comparativa para a selecção de Projectos e avaliam a viabilidade do Projecto numa lente económica, financeira e estratégica. Por exemplo, comparar o Projecto A com o Projecto B à luz dos custos e benefícios económicos.

A outra categoria, no entanto, utiliza uma abordagem mais matemática, com recurso a algoritmos de programação linear, dinâmica, inteira e mutltiobjectivo. Os Modelos de Programação Matemáticos ou de Optimização de Restrições são utilizados para a selecção de Projectos bastante complexos e utilizam métodos encontrados geralmente  na Investigação Operacional.

Métodos de Análise de Benefícios.

Os métodos de selecção de projectos mais utilizados medem os benefícios do projecto através de uma lente económica, financeira e estratégica.

Um dos métodos de análise de benefícios são os modelos de scoring que permitem medir o enquadramento estratégico do projecto. Estes modelos de scoring utilizam uma técnica que pontua os projectos de acordo com um conjunto de critérios definidos pela gestão da empresa. O balanced scorecard é uma ferramenta que deve estar à mão para fazer este tipo de análise.

Outros métodos utilizados dentro desta categoria são os modelos económicos que analisam fluxos de tesouraria descontados, Valor Actual Líquido (VAL), Taxa Interna de Rentabilidade (TIR),  Rácio Benefício/Custo (RBC) Custo/Benefício (RCB, Payback Period e outros indicadores económico-financeiros.

Ambos os métodos desta categoria quando combinados num modelo adequado à empresa oferecem uma visão mais informada sobre o valor dos Projectos.

Nos próximos artigos, neste blog, vou apresentar alguns exemplos práticos de utilização dos modelos de scoring e económicos, mas por agora é importante entender que é fundamental um processo formal de selecção de Projectos, adequado à realidade interna e externa da empresa. Se os Projectos criam mudança, vamos aproveitar as oportunidades e eliminar as ameaças.

Desta série:

Cálculo do VAL

Cálculo da TIR

Cálculo do Rácio Benífico/Custo

Ficam, entretanto, alguns recursos sobre o tema:


jpereira

http://jpereira.eu

View more posts from this author
5 thoughts on “Como seleccionar um projecto?
  1. Pingback: Cálculo da TIR | j. pereira sobre...

  2. Pingback: custo custo custo benefício - Cálculo do Rácio Custo Benifício | j. pereira sobre...

  3. Pingback: Como seleccionar um projecto? - Payback Period | j. pereira sobre...

  4. Carlos Machado

    Boa tarde
    Sou Contabilista / TOC e tenho desempenhado funções de nível superior em empresas privadas, com sucesso e por mérito próprio – isto apenas para me identificar, e poder saber quem comenta. Mas emresumo, o meu comentário é só PARABÉNS pelo seu website.
    Pode-me dar o seu contacto profissional?
    Cumprimentos,
    C.M.

     
  5. Pingback: Estudos de viabilidade, val, tir, payback e modelos de negócio | João Pereira

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *